Associação de Municípios da Cova da Beira

Notícias

  • 30-11-2022

    AMCB Executa 5,4 milhões de Euros em Fundos Comunitários

    Esta semana no Jornal do Fundão, AMCB Executa 5,4 milhões de Euros em Fundos Comunitários, dos quais 3,8 milhões referentes ao Portugal 2020 nos seguintes projetos,
    - cadREDES - Cadastro das redes de saneamento e abastecimento de águas dos aglomerados urbanos dos municípios AMCB.
    - AMCBadapt- Ações de sensibilização sobre riscos associados às alterações climáticas.
    - Combate às discriminações e aos estereótipos - Formação de públicos estratégicos
    - Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela
    Estes projetos foram cofinanciados pelo Portugal 2020, Centro 2020, POISE, POSEUR e POAT

  • 11-11-2022

    +Interior + Igualdade AMCB Curso de Técnico de Apoio à Vítima

    No sentido de apoiar os Gabinetes para a Igualdade de Género criados nos Municípios e na AMCB, no decorrer de 2022 a AMCB já promoveu a realização de 10 ações do Curso de Técnico/a de Apoio à Vítima, em dez municípios da região

    Esta formação veio permitir aos grupos de intervenção a aquisição de um conjunto de conhecimentos e de competências que permitem realizar um atendimento, acompanhamento e encaminhamento de vítimas de violência doméstica de forma rigorosa, dinâmica e crítica, mas mais que isso, capacita-os a agirem de forma preventiva e proactiva na sociedade por forma a sensibilizá-la, minimizando o número e o efeito destas situações.

    Estes cursos são promovidos no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego - POISE, onde a Associação de Municípios da Cova de Beira obteve a aprovação da candidatura “+Interior +Igualdade” que tem como objetivo promover a igualdade de oportunidades e de género, a desconstrução de preconceitos, o diálogo intercultural e inter-religioso, a inclusão de comunidades marginalizadas e o combate às discriminações nos municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Gouveia, Guarda, Manteigas, Mêda, Penamacor, Pinhel, Sabugal, Seia e Trancoso.

  • 09-11-2022

    APP SmartClimAMCB

    Financiado pelo Portugal 2020 programa POSEUR, União Europeia 

    Já conhece a APP “SmartClimAMCB” ?! O objetivo, desta APP é complementar a estratégia dos Municipios no sentido da adaptação às Alterações Climáticas, aplicação esta, gratuita e já disponível na Play Store do Google, e na APP Store.

    Esta APP tem como objetivo, ter informação atualizada e em tempo real com varias notificações e informações sobre este assunto. Cartografia, Notícias de todos os Municípios e da AMCB, ocorrências que podem ser criadas pelos utilizadores, informações sobre as diversas estações meteorológicas (com designação de temperatura, pressão atmosférica, velocidade máxima do vento, precipitação, humidade, direção e velocidade do vento), e com uma vertente mais jovem, ‘’gamificação’’ com jogos de desafios, memória, palavras e questões climáticas, acrescendo ainda diversas informações sobre as alterações climáticas, possibilitando assim o retrato da realidade do território de abrangência da AMCB.

    Este Projeto foi financiado pelo Portugal 2020 programa POSEUR, União Europeia 

  • 09-09-2022

    A AMCB encontra-se a promover o Curso de Técnico/a de Apoio à Vítima em 15 Municípios da região.

    No decorrer do mês de setembro inicia o curso nos Municípios de:

    Almeida

    Fornos de Algodres

    Guarda

    Penamacor

    Sabugal

    As inscrições ainda se encontram abertas e podem ser feitas através do link: https://forms.gle/c8XvWtgR773fhu2y6

    O Referencial de Formação pode ser descarregado a partir do seguinte link: https://amcovabeira-my.sharepoint.com/.../EaUs9ji6QLhCuMr...

  • 05-09-2022

    A AMCB volta a participar numa das maiores feiras de Agropecuária da Península Ibérica SALAMAQ

    A Associação de Municípios da Cova da Beira é uma das entidades convidadas, presentes numa das maiores feiras de Agropecuária da Península Ibérica, que decorre entre os dias 2 e 6 de setembro, no Recinto Ferial de Salamanca. A Feira foi inaugurada pelo Ministro da Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente, Luis Planas na presença do Presidente da Junta de Castilla y León, Alfonso Fernández Mañueco.

    O presidente da Diputación de Salamanca, Javier Iglesias, acompanhado dos deputados de Feiras e chefe de Salamaq, Jesús María Ortiz; e Agricultura e Pecuária, Julián Barrera; e responsáveis ​​técnicos da feira, apresentaram esta manhã a Feira Salamaq 22, que inclui a Feira do Setor Agropecuário e a 33ª Exposição Internacional de Pecuária Pura. Uma feira que abriu portas no dia com números semelhantes às edições anteriores à pandemia, colocando a província no epicentro do setor primário.

    Durante a apresentação, Javier Iglesias destacou "o claro empenho do Conselho Provincial de Salamanca para este evento", que se consolida como o melhor evento pecuário da Península e do Sul da Europa, que se realizará com "forças renovadas, grande entusiasmo e a espero que seja útil para agricultores e pecuaristas”, muitos dos quais estão passando por um momento difícil.

    ‘’ regressamos à Salamaq, é uma feira muito participada e esperamos que a semelhança do ano transato, tenhamos a oportunidade de interagir com potenciais investidores, e dar a conhecer toda a nossa região, onde a agricultura e a pecuária fazem também parte do dia a dia, ainda mais agora, após o flagelo do fogo que atingiu as nossas populações, deixando os nossos agricultores em agonia’’ (Carlos Santos)

    São 460 expositores que estão presentes, e a ‘’AMCB não podia deixar de estar presente neste importante certame’’ onde se refletem também os vários projetos desenvolvidos ao longo dos mais de 20 anos de parceria com a Diputacion de Salamanca, como é exemplo, a ´´Ecoraia´´. Fortalecer os laços transfronteiriços, e promover o nosso Território e seus Municípios, enquanto um espaço único no panorama do Turismo, da Economia e da sustentabilidade, são os objetivos.

  • 02-08-2022

    225 289 Contentores de RSU foram já higienizados na Cova da Beira

    Com vista à melhoria da qualidade ambiental e prossecução de um território mais sustentável, a Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB) implementou, desde março de 2007, o Projeto Cidade Limpa nos seus Municípios Associados.

    Este projeto tem como objetivos a manutenção e promoção de um ambiente limpo e agradável, o incentivo de boas práticas ambientais, a Lavagem e Desinfeção de Contentores de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) e oleões, bem como a lavagem de ruas e praças dos Municípios aderentes.

    Para tal, a AMCB tem um camião com sistema de lavagem e desinfeção a alta pressão que percorre, continuamente e ao longo de todo o ano, a região.

    Ao longo dos últimos anos foram otimizadas as rotas de lavagem tendo em conta o numero de utilizações, reduzindo custos e aumentando a eficiência das mesmas.

    O equipamento utilizado para a lavagem e desinfeção, é também um equipamento otimizado, o qual utiliza 50% da água normalmente utilizada para o mesmo efeito, utilizando também produtos ecológicos e que têm em atenção o meio ambiente.

    Desde março de 2007, a AMCB já higienizou 225 289 contentores de RSU, uma média anual de 14 485 contentores de RSU.

    Em 2022 foram lavados e desinfetados, até à presente data, 8 016 contentores de RSU, prevendo-se que até ao final do Ano sejam lavados e desinfetados aproximadamente 15000 contentores. O projeto conjunto com os Municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Manteigas, Mêda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso, tem relevante importância Ambiental e económica pelo facto de se alcançarem reduções financeiras significativas.

    ‘’Estas ações contribuem para a melhoria do índice de qualidade ambiental que é um indicador importante. Além de evitar os maus cheiros, afasta também a proliferação de microrganismos prejudiciais à saúde pública, é um processo continuo e importante para os nossos Municipios’’ Rui Ventura Presidente da Direção da AMCB

  • 04-07-2022

    AMCB desenvolveu vários projetos no âmbito do programa operacional “Portugal 2020”

    A AMCB – Associação de Municípios da Cova da Beira, é uma das poucas associações de municípios existentes em Portugal, tendo como associados 13 Municípios - Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Mêda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso, com uma população total de 134 996 habitantes, de acordo com os Censos de 2021.

    Sendo uma região com uma área de total de 5 577km² e de baixa densidade populacional, os projetos elaborados pela AMCB e apoiados pelos FEEI permitiram, nesta região, modernizar a qualidade da administração local e reforçar a capacitação institucional e as redes de cooperação, melhorar e promover a qualidade do ambiente urbano, a sustentabilidade no uso dos recursos e a prevenção e gestão de riscos, promoção territorial e cooperação transfronteiriça e a transição energética climática.

    No âmbito do programa operacional “Portugal 2020”, a AMCB desenvolveu vários projetos, destacando:

    • cadREDES - Cadastro das redes de saneamento e abastecimento de águas dos aglomerados urbanos dos municípios AMCB, com custo total aprovado de 2 282 461,15€ (dois milhões duzentos e oitenta e dois mil quatrocentos e sessenta e um euros e quinze cêntimos);

    • AMCBadapt- Ações de sensibilização sobre riscos associados às alterações climáticas, com custo total aprovado de 145 632,00€ (cento e quarenta e cinco mil seiscentos e trinta e dois euros).

    • Combate às discriminações e aos estereótipos - Formação de públicos estratégicos

    Dada a importância destes projetos, elaborados pela AMCB e que trazem grandes benefícios para os Municípios Associados, a AMCB pretende garantir que uma divulgação expressiva destes projetos, demonstrando os impactos positivos que estes tiveram na região e salientar o impacto que o apoio dos FEEI, no âmbito do Portugal 2020, tiveram na execução destes projetos. As atividades a desenvolver nesta operação assumirão ações presenciais e online, de forma a garantir uma ampla divulgação dos projetos apoiados pelos FEEI.

    Os meios de divulgação a utilizar nesta operação serão as redes sociais, site da AMCB, dos Municípios envolvidos e da RNAE- Associação de Agências de Energia e Ambiente, bem como plataformas pagas, publicações em jornais e a participação em eventos nacionais ou internacionais, nos quais a AMCB esteja representada.

  • 16-05-2022

    ERSE Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, aprova candidaturas da AMCB no valor de um milhão e meio de euros

     A Associação de Municipios da Cova da Beira presidida por Rui Ventura, Presidente do Município de Pinhel, apresentou candidaturas ao PPEC - Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia, sendo este um instrumento muito importante de apoio e desenvolvimento de projetos de eficiência energética, concebido no âmbito da regulação económica e que a lei acolheu e consagrou como medida de política pública, com o objetivo de promover a eficiência no consumo de energia elétrica e de gás natural.

    O Financiamento será dirigido para intervenções em edifícios da administração publica local e instituições particulares de solidariedade social, com intervenções de eficiência energética direcionadas para a iluminação, climatização, aquecimento de águas sanitárias e otimização dos sistemas técnicos em piscinas municipais cobertas. Foi ainda aprovado um projeto que permite a realização de estudos de racionalização de energia elétrica, e gás em explorações agrícolas.

    Estas candidaturas foram aprovadas com base no seu mérito, em função do nível de poupanças a alcançar e com a garantia da verificação dessas mesmas poupanças.

    No global destas candidaturas, prevê-se uma poupança anual de energia de 1 446 763,44 kWh, equivalente a um custo de energia evitado anual de 949 922 € sendo a valorização económica das emissões de CO2 evitados de 81 304,5 € ano.

  • 22-04-2022

    AMCB lança SmartClimAMCB

    A APP designada “SmartClimAMCB” tem como objetivo, complementar a estratégia dos Municípios Associados, no sentido da adaptação às Alterações Climáticas.

    DIA DA TERRA 2022

    “Estamos aqui porque o mundo está a enfrentar uma grave crise climática. A rutura do clima está a acontecer agora e está a acontecer com todos nós. Estamos numa batalha pelas nossas vidas. Mas é uma batalha que ainda podemos vencer”, declarou António Guterres, durante a Reunião do Clima de Abu Dhabi , em junho de 2019.

    A AMCB lança hoje uma APP designada “SmartClimAMCB”, que tem como objetivo, precisamente complementar a estratégia dos Municipios Associados, no sentido da adaptação às Alterações Climáticas, aplicação esta, gratuita e já disponível na Play Store do Google, e na APP Store.

    Esta APP tem como objetivo, ter informação atualizada e em tempo real com varias notificações e informações sobre este assunto. Cartografia, Notícias de todos os Municípios e da AMCB, ocorrências que podem ser criadas pelos utilizadores, informações sobre as diversas estações meteorológicas (com designação de temperatura, pressão atmosférica, velocidade máxima do vento, precipitação, humidade, direção e velocidade do vento), e com uma vertente mais jovem, ‘’gamificação’’ com jogos de desafios, memória, palavras e questões climáticas, acrescendo ainda diversas informações sobre as alterações climáticas, possibilitando assim o retrato da realidade do território de abrangência da AMCB.

    LINK para o Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=-7fE_XGPyJQ

  • 19-02-2022

    Tomada de Posição da Associação de Municípios da Cova da Beira relativa á prospeção e exploração de Litio

    A Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB) constituída pelos municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Meda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso, informa que, nas reuniões de 16 de fevereiro de 2022 do Conselho Diretivo e da Assembleia Intermunicipal, foram analisados entre outros assuntos, um relacionado com a problemática da exploração de lítio na área dos municípios seus associados.

    Relativamente à prospeção e exploração de lítio foi deliberado, de forma unanime e inequívoca adotar a seguinte posição:

    1 – Alertar e propor outra definição do modelo e da forma como tem sido conduzido o processo de prospeção e exploração de lítio no território dos municípios associados, bem como, a necessidade imperativa da existência de futuro diálogo, concertação estratégica e auscultação dos mesmos por parte do Ministério do Ambiente e Ação Climática;

    2 - Manifestar a sua total estranheza quanto ao tempo e modo como o processo está a ser conduzido;

    3 - Manifestar o seu total desagrado com a Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) nas áreas com potencial de existência de lítio, e propor que os Municípios sejam parte ativa no acompanhamento de todo o processo. Em alguns concelhos dos associados a área abrangida representa perto de 40% da área total do concelho. Daí que, a localização da área de prospeção e exploração de lítio nesses mesmos concelhos deve ser equacionada conjuntamente com os mesmos, no sentido de minimizar o impacto ambiental, económico, turístico e social para o território, bem como, definir as regras e modelos de atuação em sede de eventual operacionalização.

    4 – Manifestar ainda a sua total incompreensão e sensibilizar para a alteração da situação atual de indefinição e ambiguidade da aplicabilidade dos pareceres legais emitidos pelos municípios, tornando-se consultivos e não vinculativos sobre a prospeção e exploração de lítio. A prospeção e exploração de lítio nos municípios da AMCB poderá ser considerada como uma oportunidade económica e financeira para o território. Contudo, deverá ser criada uma “fileira” desta atividade nos municípios da AMCB, por forma a criar valor em toda a cadeia de exploração e transformação do Lítio, com reflexo na economia local e regional, o que pressupõe uma identificação das vantagens e desvantagens das mesmas – Exploração e Transformação.

    5 – O Conselho Diretivo e a Assembleia Intermunicipal deliberaram ainda, na persecução da defesa intransigente dos legítimos interesses das populações que residem nos municípios desta associação, propondo em primeiro lugar, novas formas de discussão e dialogo com os legítimos representantes dos Municípios. Não deixando de referir que tudo se fará, quer em termos jurídicos, quer em termos técnicos, para alcançar um resultado que respeite os direitos e interesses das suas populações.

    Belmonte, 16 de fevereiro de 2022

    O Presidente do Concelho Diretivo

                       Rui Manuel Saraiva Ventura

                 (Presidente do Município de Pinhel)

    O Presidente da Assembleia Intermunicipal

    Sérgio Costa

       (Presidente do Município de Guarda)