Associação de Municípios da Cova da Beira
16-04-2021

AMCB – ASSOCIAÇÃO DE MUNICIPIOS DA COVA DA BEIRA, AVANÇA COM A IMPLEMENTAÇÃO DE PLATAFORMA DE GESTÃO DE REDES DE AGÚAS NOS SEU MUNICIPIOS ‘’ CADredes ‘’

No seguimento do levantamento de todas as redes de água de abastecimento publico e águas residuais, (cadastro) num total de 13 Concelhos e 4800Km, e com um investimento de 2.500.000€, a AMCB instalou nas autarquias o equipamento e uma solução de software que reúne, numa única plataforma, toda a operação de uma infraestrutura de redes de águas, permitindo aceder, em qualquer instante e em qualquer lugar, a toda a informação que emana da sua operação diária.

O sistema implementa um modelo de gestão que se aplica transversalmente a todos os serviços municipais de água e saneamento, e que se materializa nos seguintes conceitos base:

  • Trabalho Colaborativo – Com a entrada em funcionamento da plataforma integrada é possível a  partilha de informação e o acompanhamento de toda a atividade, onde todos e cada Municipio, podem entrar e criar o seu espaço de trabalho. Também a gestão de contratos de todo o tipo de outsourcing pode ser aqui acompanhada e controlada. 
  • Totalmente parametrizável – A solução é completamente parametrizável pelos seus utilizadores que, com toda a segurança e controlo, podem “desenhar” a sua infraestrutura e o seu modelo de gestão e de operação. 
  • Gestão de toda a atividade - O dia-a-dia dos serviços municipais de água passa integralmente por aqui: manutenção, operação, gestão de ativos e candidaturas para requalificação dos mesmos, controlo de qualidade, energia, jardinagem, inspeções, etc., e, claro, limpeza e higiene, das redes. 
  • Agregação de dados - Para além do natural registo de toda a atividade humana, é nativa a capacidade de agregar dados de telegestão, e de gestão de projeto.

Este projeto vai colmatar uma lacuna relativa à informação geográfica em termos de cadastro das infira-estruturas dos municípios envolvidos na candidatura: Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Oliveira do Hospital, Manteigas, Mêda, Pinhel, Sabugal e Seia.

‘’Este projeto que terá continuidade, é a primeira fase, e resolverá muitos problemas relativos às redes de águas e saneamento dos municípios, visando minorar as percas de água, e uma gestão muito mais eficiente, contribuindo para erradicar o desperdício e para a sustentabilidade que se pretende no nosso território, e no Mundo. No seguimento deste projeto a AMCB está a identificar zonas de medição e controlo para a instalação do indispensável equipamento’’ - Dr. José Manuel Biscaia secretário geral da AMCB

Esta ferramenta tem como funcionalidades genéricas, a gestão de ocorrências e de atividades corretivas, atividades planeadas ou preventivas, integração de dados de terreno, controlo de qualidade, ferramentas e interfaces de consulta e trabalho, gestão de eventos, ocorrências e alarmes, mobilidade otimizada para as equipas de terreno.