Associação de Municípios da Cova da Beira

Notícias

  • 26-03-2018

    APRESENTAÇÃO DO III GP INTERNACIONAL BEIRAS E SERRA DA ESTRELA 3 DE ABRIL NO CEDET EM VILAR FORMOSO

    Pelo terceiro ano a Associação de Municípios da Cova da Beira organiza uma prova Internacional de ciclismo disputada em todo o seu território que se denomina 3º Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela e é disputada de 13 a 15 de Abril de 2018.

    O 3º Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela, visa utilizar o ciclismo como um importante veículo de promoção e divulgação da região das Beiras e Serra da Estrela.

    Esta prova tem como alvo principal a promoção regional e a projeção desta região, com enormes potencialidades naturais e diversificado património, cultural e gastronómico, enquanto destino turístico sustentável, durante todo o ano.

    Os 3 dias de prova , estão estrategicamente colocados no calendário Internacional de Ciclismo, dado ser início de época e ser possível desta forma captar o máximo de Equipas de nível internacional, potenciando também uma época baixa na região. As 3 etapas deste 3º Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela, foram estrategicamente desenhadas para que a prova percorra todo o território dos 16 Municípios envolvidos no evento.

    Ao captar para o seu território uma prova internacional que junta os melhores ciclistas do pelotão internacional, a Associação de Municípios da Cova da Beira em parceria com a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela e o Turismo do Centro de Portugal, vislumbra uma oportunidade soberana de aprofundar e divulgar no contexto europeu a região que conta com uma grande envolvência na relação transfronteiriça com uma comunidade autónoma espanhola, geograficamente contígua, com mais de 2,5 milhões de habitantes, não só no plano desportivo, como também no cultural, social e económico.

    Um evento de dimensão Internacional como este, envolve estruturas logísticas e Humanas de elevada importância e dimensão que passamos a descrever.

    Meios Humanos

    •Staff organização :  Cerca de 250 pessoas.

    •Staff equipas e auxiliares :  Cerca de 500  pessoas

    •Jornalistas :  Cerca de 70  pessoas

    •Juízes e Comissários :12

    Logística Estrutural

    •4 Camiões  TIR

    •10 Viaturas Comerciais  

    •22 Carros organização

    •20 Motos organização

    •3 Carros Brigada transito

    •16  Motos Brigada trânsito    

    Esta será com certeza uma das maiores provas do panorama Nacional, contando com um surpreendente numero de equipas Internacionais e Nacionais, que farão as delicias das famílias que acompanham tradicionalmente este tipo de eventos.

  • 17-03-2018

    GEOATLANTIC - Geotermia na Beira Interior

    Os parceiros do projeto GEOATLANTIC onde se inclui a Associação de Municipios da Cova da Beira – reuniram em Puerto de la Cruz, ilha de TENERIFE, Espanha, na passada semana para discussão das próximos ações locais relativamente à promoção e divulgação de perspetivas futuras de aproveitamento dos recursos geotérmicos.

    O projeto geoATLANTIC constituído por uma parceria de 11 sócios internacionais de  cinco países, França, Irlanda, Portugal, Espanha, Reino Unido foi candidatado à iniciativa INTERREG ATLANTIC. Prevê-se com o projeto promover e divulgar o aproveitamento da geotermia para aquecimento e arrefecimento de edifícios na região. O projeto prevê ainda a implementação de vários projetos-piloto sobretudo em edifícios municipais na região, utilizando sondas verticais e bombas térmicas para aquecimento dos edifícios eleitos. No verão, o processo é invertido e o excesso de calor é transferido para o subsolo.

    O projeto visa ainda sensibilizar e informar o cidadão para a utilização da geotermia, intervindo nas várias áreas de relevo para o desenvolvimento e implementação da atividade na região e em Portugal nomeadamente a nível de informação, disseminação investigação e legislação deste tipo de energia renovável, apresentando as suas vantagens. 

    As atividades do projeto GeoATLANTIC passam por difundir a informação e as melhores práticas operacionais envolvidas no uso das bombas de calor geotérmicas, promover o diálogo na comunidade geotérmica, colocar em contacto os vários atores do mercado.

    Um dos objetivos da Estratégia de União Energia é enveredar cada vez mais pelas energias renováveis. A nova diretiva sobre política energética e sustentabilidade propõem como objetivo vinculativo para a União Europeia a utilização de pelo menos de 20% de energia consumida através de energia renovável até 2020.

    Apenas uma pequena parte do potencial da energia geotérmica é explorada na Europa. Aumentar a sua utilização e fortalecer a indústria da energia geotérmica vai permitir uma redução substancial na redução de CO2. Em combinação com as tecnologias, as fontes renováveis ​​podem fornecer a energia para produção de calor e frio, podendo representar metade da necessidade de energia na Europa.

    O desafio do geoATLANTIC é desenvolver metodologias e ferramentas para promover a cooperação nas comunidades locais para a transição energética e aproveitamento da energia geotérmica.

    No consórcio do projeto estão representadas as seguintes instituições; ESPANHA - Concelho de Ourense, Energylab, ITER- Instituto tecnológico e de Energia Renováveis | PORTUGAL, Universidade do Porto, Associação de Municipios da Cova da Beira, Eda Renováveis |REUNO UNIDO Eden Project, ISLAY energy trust, ALInergy,| FRANÇA, ALEC  | IRLANDA, Cork Institute of Techonology |  EHPA,  European Heat Pump Association

    Parceiros Associados - RNAE  - Rede Nacional e Agências e Energia | Direção Regional da Energia da Região Autónoma dos Açores | Câmara Municipal de Ribeira Grande (Açores) Câmara Municipal de Povoação (Açores)

    http://geoatlantic.eu/

  • 05-02-2018

    AMCB aprova Plano Plurianual de Investimentos para o ano de 2018

    AMCB REUNIU CONSELHO DIRECTIVO EM FIGUEIRA CASTELO RODRIGO

    Reuniu no passado dia 31 de Janeiro, no Ninho de Empresas do Conhecimento em Figueira de Castelo Rodrigo, o Conselho Diretivo da Associação de Municípios da Cova da Beira.

    A AMCB no cumprimento do seu projeto social, tem vindo a desenvolver estratégias que, ao longo dos anos se afirmaram como instrumentos diferenciadores dos municípios que a constituem, na promoção da mobilidade e da inovação, no desenvolvimento sustentável e na melhoria das condições de vida das suas populações.

    No radar das preocupações, a Educação, Formação e Igualdade de Género; O Planeamento, Ordenamento Territorial e a Sustentabilidade e Eficiência de Recursos; a Cooperação Transfronteiriça; e a Gestão Energética, são as principais ações e medidas desta Associação.

    O Presidente do Conselho Diretivo antevê que o ano de 2018 seja um ano de forte execução do atual quadro comunitário prevendo-se a conclusão de alguns projetos, entretanto definidos e candidatados e em evidência de outras candidaturas. “Será prosseguido, com sensibilidade e bom senso a missão de bem servir os nossos associados, procurando reforçar os fortes laços existentes, num trabalho interativo e de sustentabilidade do desenvolvimento do nosso território sempre numa perspetiva de desenvolvimento sustentável e equilibrado”. 

    O Conselho Diretivo pretende dar continuidade aos objetivos já definidos e às medidas que os materializam designadamente: - Manter a cooperação com a CCDRC e com outras entidades, nomeadamente as que nos estão mais próximas, como é o exemplo da CIM Beiras e Serra da Estrela; - Colaborar com a Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior - ENERAREA nas suas atividades de planeamento e intervenção na procura de respostas numa vertente de otimização e racionalização de consumos energéticos em infraestruturas municipais bem como fomentar e promover projetos na área das energias renováveis. - Continuar a cooperação transfronteiriça e integrar novos contextos institucionais, legais e operativos; - Reforçar redes de incorporação de saber tecnológico com instituições de Ensino Superior, - Promover a criação, atualização, circulação e disponibilização de dados no Sistema de Informação Geográfico no âmbito do Território, - Promover projetos locais/internacionais no âmbito da smartcities (cidades sustentáveis), - Mobilizar a necessária disponibilidade de pessoas e meios para as respostas possíveis a situações imprevistas, -Manter a interação com os Municípios

    “Entendemos que o plano para o ano 2018 permitirá por um lado, dar continuidade a projetos que tiveram início durante o ano de 2017, outros ainda numa fase de pré-execução e outros a articular com os Municípios que incorporem novas ideias a desenvolver dentro do novo quadro comunitário.”

    3.200.000,00 é o valor que esta Associação apresenta para o corrente Ano de 2018.

  • 10-01-2018

    AMCB Inicia a instalação de Sistemas de climatização do tipo SPLIT Bomba de Calor Inverter de classe energética A+ ou superior em edifícios Municipais.

    Equipamentos Classe A+ ou superior começam a ser instalados

    A AMCB – Associação de Municípios da Cova da Beira e os seus municípios associados estabeleceram uma parceria para a apresentação e desenvolvimento da medida tangível ”BCEM – Bombas de Calor em Edifícios Municipais”, dirigida ao concurso destinado às medidas “Tangíveis (promotores não empresas do sector)” segmento comércio e serviços, no quadro do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo 2017-2018.

    Esta candidatura tem por objetivo a melhoria da eficiência energética através da substituição dos obsoletos equipamentos de climatização (radiadores, radiadores a óleo, termo ventiladores, entre outros que tenham por base o principio de funcionamento por resistência elétrica), por bombas de calor nos edifícios e infraestruturas municipais, contribuindo para a melhoria das condições de conforto dos utentes nos locais das intervenções.

    A intervenção que se inicia agora, prevê a substituição de 450 Equipamentos Climatização Puramente Resistivos por Sistemas de climatização do tipo SPLIT Bomba de Calor Inverter de classe energética A+ ou superior.

    A implementação desta medida apresenta um custo total orçamentado em 403.952 Euros, englobando os custos de equipamento e de gestão/desenvolvimento da globalidade do projeto.

    Como benefícios da implementação desta medida resultam a economia de 1.549.225 kWh/ano, equivalentes a custos evitados de fornecimento de energia elétrica de 169.795 Euros. A valorização económica das emissões de CO2 evitadas é de 13.633 Euros

  • 03-01-2018

    VII Edição ECORAIA 2017

    Mais um sucesso alcançado em Salamanca.

    Decorreu no passado fim de semana de 9 e 10 a ECORAIA 2017 em Salamanca, esta feira decorre pelo sétimo ano consecutivo no pavilhão de exposições da Diputación de Salamanca.

    Estiveram presentes mais de 100 expositores com uma representatividade de mais de 50% de produtores Nacionais, os quais apresentaram e venderam os seus produtos neste espaço, revelando-se desta forma, uma oportunidade de negocio imediato e futuro com as relações estabelecidas com empresários espanhóis que procuram também neste certame alternativas aos produtos que já comercializam.

    Este evento é realizado em parceria com a Comunidade de Trabalho BIN- SAL e Diputación de Salamanca, no âmbito do projeto BIN SAL Empreende, e reforçam as relações existentes entre as instituições que contabilizam mais de 10 anos em diversos projetos.

    Foram mais de 30.000 visitantes, que num fim de semana prolongado, e antecipando o Natal, puderam realizar as suas compras especialmente em produtos Agro Alimentares.

    A AMCB esteve representada pelo seu Presidente Dr. António Dias Rocha, que faz um balanço extremamente positivo desta iniciativa e que deverá ter continuidade atendendo ao sucesso que vem alcançando todos os anos. Pela Diputación de Salamanca esteve o seu presidente Francisco Javier Iglesias Garcia, que abraça e vê como oportuna e necessária para que a dinamização do comércio transfronteiriço seja reforçado e, desta forma, surjam novas oportunidades para os habitantes desta província de Salamanca.

  • 03-01-2018

    Apresentação dos Novos Corpos Sociais - 2017/2021

    No passado dia 13 de novembro, reuniu a Assembleia Intermunicipal da Associação de Municípios da Cova da Beira, onde foram eleitos os novos órgãos sociais para o mandato 2017-2021, com a seguinte constituição:

    Mesa da Assembleia Intermunicipal

    Presidente: António Luís Beites Soares – Presidente do Município de Penamacor
    Vice-Presidente: Anselmo Antunes de Sousa – Presidente do Município de Mêda
    Secretário: Esmeraldo Carvalhinho – Presidente do Município de Manteigas

    Conselho Diretivo

    Presidente: António Dias Rocha – Presidente do Município de Belmonte
    Vogal: António José Machado – Presidente do Município de Almeida
    Vogal: Rui Manuel Saraiva Ventura – Presidente do Município de Pinhel
    Vogal: Paulo José Langrouva – Presidente do Município de Figueira de Castelo Rodrigo
    Vogal: Paulo Alexandra Bernardo Fernandes – Presidente do Município de Fundão

  • 04-09-2017

    AMCB participa numa das maiores feiras de Agropecuária da Península Ibérica SALAMAQ

    A Associação de Municípios da Cova da Beira é uma das entidades presentes numa das maiores feiras de Agropecuária da Península Ibérica, que decorrerá entre os dias 6 e 10 de Setembro, no Recinto Ferial de Salamanca.O dia 8 será o dia dedicado a Portugal, onde estarão presentes diversas entidades públicas e privadas em representação de Portugal onde se promoverão também as relações transfronteiriças e o nosso país.

    A Associação de Municípios da Cova da Beira é uma das entidades presentes numa das maiores feiras de Agropecuária da Península Ibérica, que decorrerá entre os dias 6 e 10 de Setembro, no Recinto Ferial de Salamanca.

    O dia 8 será o dia dedicado a Portugal, onde estarão presentes diversas entidades públicas e privadas em representação de Portugal onde se promoverão também as relações transfronteiriças e o nosso país.

    São mais de 500 expositores que estarão presentes, e a AMCB não podia deixar de estar presente neste importante certame onde se reflete também um dos projetos criados em parceria com a Diputacion de Salamanca, a "Ecoraia" que conta já com 6 edições e que irá decorrer em Dezembro neste mesmo espaço, fortalecer os laços transfronteiriços, que se têm mantido desde alguns anos a esta data, com os inúmeros projetos que temos executado em parceria, e da mesma forma promover o nosso Território enquanto um espaço único no panorama do Turismo, da Economia e da sustentabilidade, são os objetivos.

    "Regressamos à Salamaq, a última participação foi muito positiva, é uma feira muito participada e esperamos que a semelhança do ano transato, tenhamos a oportunidade de interagir com potenciais investidores, e dar a conhecer toda a nossa região, onde a agricultura e a pecuária fazem também parte do dia a dia", afirmou José Manuel Biscaia, presidente da AMCB.

  • 10-01-2017

    Um milhão de euros em candidaturas aprovadas à AMCB para promoção da eficiência no consumo de energia elétrica.

    No âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC) 2017-2018, foram aprovadas à AMCB como entidade promotora 4 candidaturas (2 tangível e 2 intangíveis), num valor total de 1 milhão de euros a executar durante os próximos 2 anos

    Como medidas tangíveis sendo as que contemplam a substituição de equipamentos consumidores de energia por outros com maior eficiência energética  foram aprovados o projeto LIE – LED no Interior de Edifícios que prevê a substituição de 15.300 lâmpadas fluorescentes tubulares T8 e lâmpadas dicroicas de halogéneo por lâmpadas LED equivalentes e o projeto BCEM – Bombas de Calor no Interior de Edifícios Municipais que prevê a substituição de 450 equipamentos de climatização puramente resistivos por sistemas de climatização do tipo SPLIT Bomba de Calor Inverter de classe energética A+ ou superior com potência de aquecimento equivalente.

    O investimento nestas medidas é de 684.680€, conduzindo a uma redução de 2.063.673kWh/ano no consumo de energia elétrica, poupanças na ordem dos 378.523€/ano e uma redução da emissão de 743 ton CO2/ano.

    Nas medidas intangíveis aquelas que visam a adoção de hábitos de consumo de energia elétrica mais eficientes que prevê ações de formação, divulgação e auditorias energéticas foi aprovado o projeto de Formação em Poupança de Energia Elétrica em Entidades Públicas e IPSS onde se pretende com esta medida o aumento da eficiência energética em edifícios de serviços, especificamente nos edifícios municipais, de gestão pública e nas IPSS, através da sensibilização e formação dos utilizadores e gestores de energia destas infraestruturas. O público-alvo desta medida são os 13 municípios associados da AMCB e as 327 IPSS da região abrangente.

    "A sensibilização junto das crianças é uma das fortes apostas da AMCB, pois é nesta idade que se prepara e sensibilizam as crianças para que adotem comportamentos responsáveis e saudáveis" (José Manuel Biscaia, Dr.) 

    Prevê-se também a realização de 100 ações de sensibilização/pedagogia junto de crianças com idades entre os 6 e os 10 anos (pertencentes ao 1.º ciclo), nas quais se pretende, de forma lúdica e com recursos apelativos, despertar o interesse das mesmas para a importância de se adotarem comportamentos responsáveis que promovam o uso eficiente da energia elétrica em diferentes contextos, mas especialmente no contexto doméstico. Este programa denominado "ENERKIDS – Vamos Construir um Mundo Energeticamente Eficiente" será implementado em toda a área de abrangência da Associação de Municípios da Cova da Beira.

  • 04-10-2016

    Seminário “Empreendedorismo e Cooperação Transfronteiriça: Uma Raia em Movimento” em Belmonte

    A Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB) vai promover o Seminário “Empreendedorismo e Cooperação Transfronteiriça: Uma Raia em Movimento”, que irá decorrer no próximo dia 7 de Outubro, sexta-feira, pelas 9 horas, no Museu Judaico de Belmonte.

    A iniciativa é promovida em parceria com a Diputación de Salamanca e a Fundación General de la Universidad de Salamanca, no âmbito da Comunidade de Trabalho Beira Interior – Salamanca e pretende apresentar as diferentes interações e potencialidades de Cooperação entre as Universidades do Território e as Empresas da Raia Hispano – Lusa.

    Programa:

    9:00 – 9:30 horas: Abertura do Seminário António Dias Rocha: Presidente do Município de Belmonte Chabela de la Torre: Vice-presidente da Diputación de Salamanca José Manuel Biscaia: Presidente do Conselho Diretivo da Associação de Municípios da Cova da Beira

    9:30 – 10:00 horas: Mário Raposo – Vice-Reitor da Área Financeira e Projetos da Universidade da Beira Interior: “As relações interuniversitárias no território fronteiriço e seu impacto no empreendedorismo. Desenvolvimentos e Perspetivas.”.

    10:00 – 10:30 horas: Juan Manuel Corchado – ‎Vice-Reitor para a Investigação e Transferência da Universidade de Salamanca “Sinergias e interações entre a inovação, empreendedorismo, ensino superior e cooperação transfronteiriça”

    10:30 – 10:45 horas: Agustín Caballero e Carlos Santos (Membros da CT BIN-SAL): ”Síntese da FEIRA ECORAIA 2016”.

    10:45 – 11:15 horas: Coffee – Break

    11:15 – 11:45 horas: Eva Maestro – Gestora de Projetos na Fundación General de la Universidad de Salamanca: “A Colaboração Universidade – Empresa na Raia Hispano – Lusa.  Experiências e projetos”.

    11:45 – 13:30 horas. MESA REDONDA. Moderador: Gonçalo Poeta (Vice-presidente do Instituto Politécnico da Guarda): “ Experiências empresariais em ambiente Rural”

    – 11:45 – 12:00 horas: Gonçalo Poeta: Aproximação da realidade empresarial da raia centro – ibérica.

    – 12:00 – 13:30 horas: MESA REDONDA EMPRESARIAL. Intervenientes:

    – Jorge de Dios – Diretor Gerente SALARCA (ASPRODES): “Integração de pessoas com deficiência no meio rural, através do turismo acessível”. – Ricardo Abreu – Diretor do Cró Hotel Rural & SPA Termal: “O Turismo termal no interior raiano: Cró, Almeida e Longroiva”. – Luís Filipe Figueiredo – Professor, Investigador e Diretor da MAGIC: “Tecnologias Inovadoras Desenvolvidas no Instituto Politécnico da Guarda: Cooperação e responsabilidade social”. – João Carvalho – Proprietário e Gestor da Quinta dos Termos (Belmonte): “Empreender nos territórios do interior”

    13.30 – 14.00 horas: Sessão de Encerramento. ADC1 e CCDR-C1.

    14.00 – 15.30 horas: Almoço